Neste episódio, as entrevistadas do Podcast Inovação no Setor Público, Karen Bayestorff e Carla Giani Rocha, falam sobre Compras Públicas de Soluções Inovadoras. A entrevista é conduzida por Micheline Hoffmann, professora do Departamento de Administração Pública e da Pós-Graduação em Administração da UDESC/ESAG e organizadora do Blog Inovação no Setor Público.  Karen Bayestorff é diretora de gestão de licitações e contratos da Secretaria de Estado da Administração (SEA-SC), vice-presidente do CRA/SC e egressa do Mestrado
Análise de problemas, Cocriação, Colaboração, Contratação pública, Ferramentas, Podcast
Neste episódio, a entrevistada do Podcast Inovação no Setor Público, Jamile Sabatini Marques, fala sobre Cidades Inteligentes, com ênfase à pesquisa Smart Floripa 2030 – Transformando Florianópolis numa Cidade Inteligente de Inovação. A entrevista é conduzida por Sueli Farias Kieling, aluna da disciplina Inovação no Serviço Público, da Pós-Graduação em Administração da UDESC/ESAG.  Jamile é doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina. Finalizou pós-doutorado no Programa Cidades Globais do
Cidades inteligentes, Podcast
Neste episódio, a doutoranda em Administração Tamilly Virissimo, da Udesc Esag, entrevista Hironobu Sano, professor Associado do Departamento de Administração Pública e Gestão Social e vice-coordenador do Núcleo de Inovação na Gestão Pública da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Doutor e mestre em Administração Pública e Governo pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Sano também é professor visitante sênior na London School
Laboratórios de inovação, Podcast
Neste episódio, o mestrando Ricardo Brandt entrevista Denilson Sell, professor e pesquisador da UDESC/ESAG no departamento de Administração Pública e no Mestrado Profissional em Administração e da UFSC no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, e diretor do Instituto Stela, com experiência na coordenação de projetos de P&D em diversas organizações públicas, empresariais e da sociedade civil. Assumindo o conceito de Transformação Digital como a aplicação de tecnologia digital para promover a
Podcast, Transformação digital
O setor público, assim como os demais setores da sociedade, busca adaptar-se às mudanças constantes intensificadas pelo desenvolvimento das TICs. Essa adaptação requer a adoção de estratégias baseadas na inovação para fazer frente aos problemas contemporâneos complexos e, sobretudo, atender às demandas dos cidadãos, usuários do serviço público. A inovação, ao mesmo tempo em que pode estar associada a uma estratégia deliberada, é também um processo emergente de busca de solução de problemas, trazendo consigo
Cocriação   , ,
No campo da inovação no setor público, emerge um crescente debate acerca da identificação de estratégias para o enfrentamento dos desafios contemporâneos da Administração Pública, acompanhado de produções acadêmicas que, atentas a essas necessidades, se propõem a explorar diferentes abordagens e métodos de promoção da inovação dentro do próprio processo de políticas e serviços públicos. O desenvolvimento desses estudos decorre, principalmente, do reconhecimento da insuficiência da perspectiva tradicional das políticas públicas para responder adequadamente aos
Colaboração, Coprodução   , , , ,
O crescente número de laboratórios de inovação no âmbito do setor público, verificado no Brasil e no mundo nas duas últimas décadas, acompanhado da ainda incipiente pesquisa acadêmica acerca dessas organizações, desperta uma profunda curiosidade a respeito da natureza dessas instituições, as quais, embora representem um importante movimento em favor da busca por soluções inovadoras, enfrentam sérios dilemas relacionados à autonomia, à sobrevivência e ao seu papel no setor público. Cientes dessa problemática, Hironobu Sano
Laboratórios de inovação   , ,
O setor público opera em um ambiente complexo, multidimensional e submerso em wicked problems (problemas de elevada severidade). A capacidade de diagnóstico e mapeamento destes problemas incorrerá nas soluções que serão apresentadas – e, consequentemente, no sucesso que será atingido por estas iniciativas. No entanto, a realidade fática da Administração Pública demonstra que nem sempre há ocorrência desta sequência lógico-temporal, tendo a implementação de soluções inovadoras prescindindo da análise profícua do problema. Alguns elementos teóricos
Análise de problemas   , , , ,
As demandas relacionadas às necessidades públicas têm se tornado cada vez mais complexas e difíceis de serem atendidas, seja pelo aumento do controle e da participação dos cidadãos na gestão das políticas públicas, seja pela busca de legitimidade dos gestores públicos frente a uma sociedade mais informada, ou pela característica (talvez principal) de se buscar soluções melhores, mais eficazes, que compreendam melhor qualidade versus custo, com maior impacto social e sustentabilidade. Nesse contexto, dentre outros
Contratação pública   ,
A Nova Gestão Pública surge com a proposta de tornar o serviço público mais eficiente e orientado à satisfação do usuário, modificando a centralidade da autoridade legal, característica do paradigma Burocrático. Porém, esse modelo oferece uma cura unilateral. Além de reduzir os múltiplos propósitos do setor público a um excessivo foco em eficiência, a pluralidade de atores capazes de contribuir para o aperfeiçoamento dos serviços públicos e para a solução de problemas complexos é pouco
Cocriação   , , , ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *